Medicamentos e agulhas de uso doméstico

Medicamentos são resíduos químicos e devem receber o tratamento adequado. Tanto medicamentos e seus recipientes diretos quanto os perfurocortantes não devem ser dispostos à coleta de resíduos úmidos ou secos.

Em Santo André, as farmácias e drogarias são obrigadas a receber medicamentos vencidos ou não utilizados de origem residencial, de acordo com Lei Municipal 9.734/2015.

Caso a drogaria se recuse a receber o material, a Vigilância Sanitária deve ser acionada pelo telefone 156 ou o 0800-0191944.

Os vidros de medicamentos, por entrarem em contato com a substância, também devem ser tratados da mesma forma que o medicamento.

Se o morador faz uso de agulhas e seringas (caso de pessoas que precisam de insulina, por exemplo) ele deve acondicionar e levar até um posto de saúde.

Esse procedimento deve ser feito individualmente para que não seja caracterizado uso comercial.

Veja aqui a lista de pontos de coleta de medicamentos.


Confira abaixo a íntegra da Lei Municipal 9.734/2015.